quinta-feira, 25 de maio de 2017

Aécio fala dos dias difíceis que o Brasil vive no momento




Têm sido dias difíceis para o Brasil.

Há um clima de intransigência que tende a dificultar ainda mais a aprovação de reformas imprescindíveis para tirar o País das dificuldades geradas pela recessão em que os últimos governos nos meteram.

Depredações, ataques incendiários a prédios públicos não podem substituir o debate democrático das propostas centrais para retomada de um novo ciclo, debates que devem se dar nos fóruns adequados, em especial no Congresso Nacional.

Essa não é a primeira vez que assistimos confrontos dessa natureza.

Ao longo da história, soubemos superar nossas dificuldades quando a racionalidade e o diálogo imperaram sobre o radicalismo, a desordem e a intolerância.

Nem mesmo as acusações que vêm sendo feitas a inúmeros homens públicos, através de delações muitas vezes sem os mínimos indícios que possam lhes dar veracidade, algumas inclusive que buscam me atingir, não podem servir de justificativa para o que com perplexidade assistimos acontecer ontem e hoje no Congresso e nas ruas.

A Justiça é o único caminho para que acusações sejam confrontadas com os fatos, e os culpados sejam responsabilizados, enquanto aqueles que foram acusados injusta e criminosamente, e eu me incluo entre esses, sejam inocentados definitivamente.

Mas, além e acima de tudo isso, não temos o direito de sairmos da rota já estabelecida na condução da economia e que já vem dando sinais de alguma recuperação, com juros em queda, inflação abaixo da meta e início da recuperação do emprego.

As respostas que o Brasil espera passa pela continuidade dessa agenda com a urgente aprovação das inadiáveis reformas.

Aécio Neves